quinta-feira, 31 de julho de 2008

Ramos Horta agradece proteção de Maria em atentado

28/07/08
Da Redação, com Ecclesia
O Santuário de Fátima recebeu durante este fim de semana, o presidente da República do Timor Leste e Prêmio Nobel da Paz, Ramos Horta. A visita teve características de peregrinação pessoal em agradecimento a Nossa Senhora de Fátima pela proteção a ele concedida no atentado de que foi vítima em 11 de fevereiro deste ano.

No Livro de Honra do Santuário de Fátima, assinado por ocasião da recepção feita à comitiva timorense pelo Reitor Mons. Luciano Guerra, Ramos Horta escreveu: "É com emoção que venho à Fátima em peregrinação de agradecimento à Virgem Santíssima pela vida que me dá para continuar a servir o meu povo e a humanidade". Pelas 10h30, Ramos Horta foi recebido, acompanhado do embaixador de Timor Leste em Portugal, Dom Ximenes Belo e Manuel Abrantes, na Casa de Nossa Senhora das Dores, pelo reitor do Santuário de Fátima.Na Sala de Recepções, um grupo de jovens timorenses que vivem em Fátima na congregação religiosa Nossa Senhora das Vitórias cantou para toda a comitiva. Nas palavras de boas vindas, Mons. Luciano Guerra, manifestou a alegria de receber uma visita tão importante como esta: "O responsável de um país estreitamente unido a Portugal e com tão grande devoção a Nossa Senhora de Fátima". "Nós acompanhamos com muita emoção e oração tudo o que lhe aconteceu e damos graças a Deus porque pôde restabelecer-se plenamente", afirmou Mons. Guerra. Na Capela das ApariçõesNa Capelinha das Aparições, após o primeiro momento de recepção oficial, toda a comitiva timorense se juntou às centenas de peregrinos de vários lugares do mundo que se encontravam ali. Algumas lágrimas e muitos sorrisos acompanharam o acolhimento feito ao Chefe de Estado e Prêmio Nobel da Paz, quer por timorenses residentes em Portugal quer pelos outros peregrinos. Todos os peregrinos reconheceram publicamente o esforço desenvolvido por Ramos Horta em favor da paz. Todos foram convidados por Mons. Luciano Guerra a rezar uma Ave-Maria para que "Timor Leste encontre o seu lugar no concerto das nações", e "para que se consolide como nação gloriosa que é". Ramos Horta manifestou a sua alegria pela visita à Fátima e divulgou ter sido recebido pela Irmã Lúcia em Julho de 2004. "Fui o primeiro e o único timorense a ser recebido pela Irmã Lúcia", disse. Na celebração Eucarística em honra a São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria e avós de Jesus, na qual Ramos Horta participou, junto com cerca de outros oito mil peregrinos, Mons. Luciano Guerra, que presidiu, acrescentou outra intenção especial de oração: "Para que o Senhor dê a graça da paz e do progresso ao Timor Leste".
Fim



Presidente de Timor-Leste visita Fátima
FÁTIMA, segunda-feira, 28 de julho de 2008.
- O Santuário de Fátima recebeu na manhã de sábado o presidente do Timor-Leste e Prêmio Nobel da Paz Dr. Ramos Horta.
Segundo informa a Sala de Imprensa do Santuário, a visita representou para Ramos Horta uma peregrinação pessoal em agradecimento a Nossa Senhora pela proteção a ele concedida no atentado de fevereiro passado.


No dia 10 de fevereiro, o presidente de Timor foi alvejado no estômago, durante um ataque armado à sua casa, em um atentado perpetrado por um grupo dissidente das forças armadas do país.
No Livro de Honra do Santuário de Fátima, assinado por ocasião da recepção feita à comitiva timorense pelo Reitor Mons. Luciano Guerra, Ramos Horta escreveu: «É com emoção que venho à Fátima em peregrinação de agradecimento à Virgem Santíssima pela vida que me dá para continuar a servir o meu povo e a humanidade».
Mons. Luciano Guerra, nas palavras de boas-vindas, manifestou a alegria por o Santuário receber a visita do responsável de um país estreitamente unido a Portugal e com tão grande devoção a Nossa Senhora de Fátima.
«Nós acompanhámos com muita emoção e oração tudo o que lhe aconteceu e damos graças a Deus porque pôde restabelecer-se plenamente», afirmou Mons. Guerra, que teceu votos para que Ramos Horta possa continuar a dedicar-se ao seu país, «para que a sua missão possa realizar-se como sempre sonhou».
Na Capelinha das Aparições, todos foram convidados por Mons. Luciano Guerra a rezar uma Ave-Maria para que «Timor encontre o seu lugar no concerto das nações», «para que se consolide como nação gloriosa que é».

22 comentários:

Anónimo disse...

Pois e'!!

O blog Timor Lorosae Nacao decidiu muito rapidamente fazer a moderacao dos comentarios quando nunca o fazia porque tinha uma fortissima razao para tal.
E nao tem nada a haver com as razoes expostas pela prosa justificativa encomendada ao blog Portugal Directo. Ate porque o o senhores ainda nao descobriram mas os "estudantes Timorenses em Coimbra" nao sao os unicos com acesso a internet".
O TLN tem medo das verdades e de ver a margarida a ser exposta por aquilo que ela realmente e'.

E' que alem das surgidas revelacoes sobre as alegadas identidades dos operarios por tras da campanha propagandista da Fretilin para assassinar a imagem de Xanana Gusmao e do governo da AMP, a margarida, a sua mais prolifica e assidua colaboradora e comentarista ponta de lanca da missao de assassinio da imagem de Xanana ficou completa e inequivocamente desmascarada pela sua falsidade, manipulacao e distorcao dos factos para atingir os seus pre-determinados fins.

Na sua mania incessante de tentar abater a credibilidade e fiabilidade de outros comentaristas de opiniao contraditoria, a senhora ganhou ha ja algum tempo, o gosto predilecto de referir-se a um outro comentarista de longa data do mesmo blog, inteligente e logico na sua linha de argumentacao (JT) como “Abatedor de Perus” na insistente tentativa de o colocar do lado dos responsaveis pelo atentado contra o PR Horta.

Numa recente discussao entre os dois em que JT procurava repor as verdades sobre a metafora por ele usada (“todos os perus tem o seu natal”) para argumentar que Xanana veria o seu fim politico pelas maos do que tentaram usar-se apriveitar-se dele so para derrubar a Fretilin e ascender ao poder, a margarida responde-lhe chamando-o de MENTIROSO afirmando com toda a conviccao que ele referia-se ao PR Horta, obviamente para dar corpo a teoria Fretilinista de que sao os opositores da Fretilin (“Xananistas”) que estao por tras do atentado ao PR Horta e que o atentado ao PM Xanana nao passou de uma montagem.

Um outro comentarista de longa data que tendo a certeza do que dizia o JT decidiu fazer uma pequena pesquisa nos arquivos do proprio blog TLN acabou por encontrar as irrefutaveis provas da natureza falsa da margarida (Carlos Noronha ou esposa de acordo com as recentes e ainda nao desmentidas alegacoes) e postou-as em varias caixas de comentarios do blog e que comecou a atrair a atencao de outros leitores e comentaristas que comecaram a mostrar o seu repudio a margarida.
O TLN percebeu e rapidamente a gravidade de ver finalmente caida por terra, com factos concretos retirados dos seus proprios arquivos, toda a credibilidade e fiabilidade da sua mais importante colaboradora comentarista e decidiu que a sua manutencao era muito mais importante que a liberdade de expressao que fortemente defendiam com a moderacao de comentarios.

O que se segue e' a transcricao do que la foi posto e que contribuiu definitivamente para a mudanca repentina de posicao do TLN que ao activar a moderacao de comentarios purgou as caixas de comentarios de todos os vetigios da verdade pensando que assim iriam milagrosamente restaurar a credibilidade da sua colaboradora e ponta de lanca, margarida e que ninguem iria sequer notar a verdade por tras de tal mudanca:



PARA QUE HAJA MEMORIA.
MARGARIDA, A PERUA MENTIROSA COMPULSIVA


h correia disse...
Margarida:

(...)

Não gosto é desses "mimos". Então essa do "abatedor de perus" não sei onde a foi buscar.(...)

30 de Julho de 2008 12:05
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
JT disse...
Não vale a pena argumentar com a tamagoshi.

(...)

P.S. "todos os perús têm o seu natal" foi em relação ao Xanana e muito antes do 11/2. Não seja desonesta mais uma vez. Vá ver aos registos em vez de inventar.
31 de Julho de 2008 1:25
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Margarida disse...
Começando pela mentirinha o perú era o Horta. era mesmo e ponto final parágrafo. Mas eu teria regido exactamente da mesma maneira fosse em relação a quem fosse porque para mim a vida é sagrada, mesmo a do maior bandido. Mas o abatedor de perús disse-o em relação ao Horta.
(...)

É melhor ir-se habituando à ideia e vá mas é tirando o cavalinho da chuva porque essa sua batalha já a perdeu.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Anónimo disse...

"Margarida disse...

Começando pela mentirinha o perú era o Horta. era mesmo e ponto final parágrafo. Mas eu teria regido exactamente da mesma maneira fosse em relação a quem fosse porque para mim a vida é sagrada, mesmo a do maior bandido. Mas o abatedor de perús disse-o em relação ao Horta."


A margarida MENTE outra vez como ja e' habitual. ELA E' UMA MENTIROSA COMPULSIVA.

Eu acompanhei de perto as discussoes que o JT tinha com a margarida e ate o aconselhava a nao perder tempo com ela. O JT diz a verdade quando diz que aquela do "peru" era realmente em relacao ao Xanana e no contexto que o JT ja explicou uma data de vezes.

Aconselho o JT a nao ter que explicar mais vezes porque ja todos sabemos que foi como disse. Vou-lhe dar ate uma ajudinha. O JT nao precisa de me agredecer.

E' assim:

O azar desta comunista horripilosa fedorenta, mentirosa compusiva e' que ha memoria e ha rejistos. E para tirar as teimas, porque eu tenho a certeza da verdade do que o JT disse, achei por bem fazer uma pequena busca no google e IMAGINEM la os senhores e senhoras leitores o que eu encontrei logo a primeira. E' melhor do que aquilo que eu procurava que era o comentario original do JT. Em vez disso fui encontrar esta belissima perola que passo a transcrever.

Ora aqui vai!!!!


”Margarida disse...

Mas foi o JT quem disse numa caixa por aí que “XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal.”

Bastante revelador de quem deseja o Xanana morto, mas a mim nunca me viram a desejar a morte de rigorosamente ninguém, antes pelo contrário.

12 de Março de 2008 23:52”


http://timorlorosaenacao.blogspot.com/2008/03/rubros-de-vergonha.html


ENTAO MARGARIDA, OU SERA CARLOS NORONHA OU A ESPOSA. QUEM E' QUE E' AFINAL O MENTIROSO?????

Sua desgracada!!!!!!

31 de Julho de 2008 17:02
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Anónimo disse...
Hahahahahaha...

Desta vez a mentirosa foi apanhada com as calcas em baixo.

Hahahahahahaha...
31 de Julho de 2008 17:08
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Anónimo disse...
MARGARIDA, A PERUA MENTIROSA COMPULSIVA
PARA QUE HAJA MEMORIA
Arquivos do TLN

Ler mais: http://timorlorosaenacao.blogspot.com/2008/03/rubros-de-vergonha.html

(...)

Anónimo disse...

Razao tem o Sakunar Sacana, esta Margarida eh mesmo uma assassina de imagem.

12 de Março de 2008 23:41
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Margarida disse...

Mas foi o JT quem disse numa caixa por aí que “XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal.”

Bastante revelador de quem deseja o Xanana morto,
mas a mim nunca me viram a desejar a morte de rigorosamente ninguém, antes pelo contrário.

12 de Março de 2008 23:52
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Anónimo disse...

eu direi mais do que o Jt: TODOS OS POLITICOS DE TIMOR E TU TAMBEM SAO COMO OS PERUS............

MALISSA 75

13 de Março de 2008 3:17
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Margarida disse...

Parece que entrámos na fase das confissões. Primeiro foi o JT a descair-se e a desejar a morte do Xanana (“XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal.”).

Logo a seguir é o Malissa “eu direi mais do que o JT: TODOS OS POLITICOS DE TIMOR E TU TAMBEM SAO COMO OS PERUS............MALISSA 75”

E como isso fosse pouco confessa ete agora que “O Hercules eh da minha familia e familia para ele eh sagrada!”.

E estes eram apenas dois dos que andaram por aqui meses a fio a berrar contra as imaginadas sangrias provocadas por quem nunca sequer esteve no país durante os tempos de chumbo. De facto é pela boca que o peixe morre e a arrogância de se pensarem imunes leva-os a descobrirem as suas próprias carecas. E tudo isto, todo este ódio e intolerância em pleno período de Páscoa. Por aqui se vê a falta de seriedade desta gente da AMP.

13 de Março de 2008 3:53
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
JT disse...

Eu lamento não me ter lembrado que a tamagoshi ia ler o que escrevi.
Tanto tempo ausente e perdi o traquejo.

Se me tivesse lembrado, ter-me-ia expressado em linguagem de pré-primária para não correr o risco de ser mal interpretado.

A expressão "todos os perús têm o seu natal" é uma metáfora. Bem, lá estou eu a meter-me em expressões que a tamagoshi não conseguirá decifrar.

Se eu pudesse fazer um desenho....tipo boneco animado....

Sendo eu um paladino da liberdade, caberá na cabeça de alguém que eu pretenda a morte de alguém? Ainda por cima de um timorense como eu?

Que a tamagoshi milite num partido que durante décadas teceu loas a Staline e que resquícios dessa marcha inexorável da revolução ainda pululem ambos os neurónios que volta e meia se escapam do vazio que constitui o espaço que lhe medeia entre as orelhas, serve de atenuante, mas não desculpa. Que diabo, já lá vão mais de 30 anos de democracia em Portugal, já era tempo de se reciclar quanto a esse espírito de tudo matar.

Eu sei que esses tiques perduram e perduram. Alkatiri que o diga.

Xanana é neste momento um político. O fim a que me referi, obviamente, só podia ser o seu fim político.

Percebeu, ou tem que ser em quadradinhos?

13 de Março de 2008 8:19
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Margarida disse...

Afinal, diz agora seráfiamente o JT a sua frase “XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal”, significa “Xanana é neste momento um político. O fim a que me referi, obviamente, só podia ser o seu fim político.”


Qualquer comum mortal, traduziria com mais propriedade, o “seu fim” pelo “seu abate”. É que os perús não acabam no Natal, os perús são abatidos no Natal.

13 de Março de 2008 8:36
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Anónimo disse...

JT,

Bemvindo,

Voce nem devia dar atencao ou paleio a essa fulana pa!! Isso automaticamente so lhe baixa o nivel.

Voce e' como uma aguia que nao pode pairar no alto enquanto continuar a dar paleio a esta perua.

Continue a fazer os seus comentarios em relacao aos posts mas nao perca tempo com a comuna. Esta mais que visto que ela esta a um nivel bem mais abaixo do seu e a tentar puxa-lo para o nivel dela.

Nao caia nessa armadilha.

13 de Março de 2008 11:15
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Enviar um comentário

Ler mais: http://timorlorosaenacao.blogspot.com/2008/03/rubros-de-vergonha.html

Que vergonha senhora margarida. É mesmo uma vergonha.

Anónimo disse...

Agora hau hatene sira nia hahalok.

Anónimo disse...

Realmente ficou agora provado de uma vez por todas as verdadeiras cores dos operadores do blog TLN.

O mais grave e' que numa prosa publicada no mesmo blog da autoria de um malae Orlando Castro demonstra o mais vil odio aos Timorenses culpando os esttudantes timorenses de Coimbra de fazerem algo de que sao completamente inocentes.

Estou agora convencido que esse blog e' operado pela mais vil escoria de Portugueses que poem os interesses da politica partidaria timorense pelo qual se inclinam acima dos interesses nacionais de Timor e do povo timorense.

A essa gente reservo o meu maior repudio!

Anónimo disse...

Compreende-se agora o porque das coisas.

Anónimo disse...

Facilitado pela TT?

Talvez internet degraca.

Anónimo disse...

Vejamos como começou esta história. Precisamente um mês depois do atentado contra o PR Horta, foi publicado no TLN este texto:
1 - Terça-feira, 11 de Março de 2008
COMENTÁRIOS CAUSAM DIVISÃO NA “FÁBRICA DOS BLOGS”

ANTÓNIO VERÍSSIMO

MODERAÇÃO PODE SER CENSURA, NÃO CONCORDO!

Esta coisa terrível de controlar os comentários dos amigos que aqui vêm publicar as suas opiniões é isso mesmo: terrível.
Pessoalmente reprovo este tipo de censura e compreendo perfeitamente os que por pensarem de modo diferente e terem admiração por determinados agentes políticos – Xanana ou outros – reagem a quente e insurgem-se do pior modo no uso de palavras.
Reparem que já aqui me chamaram muita coisa, menos santo, e não foi por isso que entrei no despique contundente, tendo isso permitido que as hostes discordantes se acalmassem. Tão pouco me senti ofendido. Sei quem sou e aquilo em que acredito – relativamente aos políticos quase em nenhum – e as bastantes décadas de vida, aquilo por que tive de passar, assim como toda a minha geração, ensinou-me que há pessoas de nós que preferem ser enganadas a aceitar e confrontar os factos, defendendo o que está ou perspectiva-se que virá a estar errado por não verem alternativa segura naquilo que está certo, ou poderá vir a estar certo mas não é certeza.

O certo e o errado em relação a Timor-Leste pode ser muito confuso para a maioria dos timorenses e dos que não sendo timorenses têm uma paixão muito especial por aquele povo e por aquele país. Para mim também é confuso em muitas ocasiões.
É nessas circunstâncias que tenho de optar por definir o que não quero e aquilo com que não concordo, deixando de procurar o que quero porque por inerência isso irá aparecer. De forma aproximada, talvez, mas aparecerá.
Sei que não quero esta política imposta por Xanana Gusmão. Pressinto e vou constatando que está ali um grande ditador. Um convencido que sabe o que é melhor para os outros e não dá oportunidade a que outros discordem e ponham em prática o que ele poderá não aprovar. Porque ele é que sabe.
Ora, por isso o ataco politicamente. Se juntarmos a tudo isto as suas práticas sinuosas obviamente que ele sai a perder em termos da consideração que já me mereceu.
Evidentemente que os que ainda estão na fase de bem o considerarem se abespinham e até há os que largam “bombarda” e passam ao ataque pessoal. É compreensível, pois eu, no caso deles, a acreditar no personagem cegamente, nas mesmas circunstâncias, em tempos, faria quase o mesmo ou parecido.

Olhando a meu modo – não esqueçam que este é o meu “olhar” e opinião perante factos – para o que julgo que se passa no ego de Xanana, estou certo de que a personalidade e conhecimentos de Ramos Horta são um obstáculo para o ex-guerrilheiro que até despreza “doutores” e “intelectuais” – isso ficou patente nos seus longos escritos publicados em 2006.
Ele sente que Ramos Horta tem uma ascendência intelectual e política que o minimiza e suplanta, não havendo em Timor-Leste outro que o possa contrariar com eficácia, se necessário. É um elemento condicionante que o topa. E não está cem por cento de acordo com ele. Assim, há que tirá-lo do caminho. Por ele, bem faria Horta em ir para a ONU ou para a Cochinchina…
Era ouro sobre azul.
Se tomarmos por verdades dez ou vinte por cento daquilo que foi dito por Alfredo Reinado, no famoso vídeo de há uns meses, percebemos que Xanana encarna o figurino que estou a desenhar.
Percebam porque me manifesto seu opositor político e vejo nele um instrumento dos que estão interessados em se apoderarem completamente de Timor através da paz podre ou do caos. Ele também está a ser usado, provavelmente julgando que está a usar os outros, libertando concordâncias com métodos que têm descambado numa política suja, prejudicial ao país e ao povo timorense.
Era muito bom que me enganasse mas estou convencido que agora já não há retorno para as práticas daquela figura nem das “cartas” que já foram jogadas. Ele já não pode sair do jogo mas ainda pode ocultar de alguns que está a fazer batota!

As circunstâncias em que a Fretilin foi governo foram as piores e isso poderá ser um grande atenuante para muitos erros cometidos. Tal não invalida que não tivessem existido ou existam “objectos nocivos” no seu corpo.
Claro que na Fretilin quando Governo houve oportunistas e pessoas que a prejudicaram, prejudicando Timor e os timorenses.
Ser dirigente de um partido político naquelas circunstâncias foi obra difícil e continua a ser.
Sendo certo que ingenuamente acreditei que os políticos timorenses estavam todos a remar para o mesmo lado, descansei e muitas vezes não acompanhei à distância o que se passava. Estava longe de imaginar que havia fortes discordâncias entre Xanana e aquele partido e/ou Alkatiri. Pelo que me apercebo, a maioria dos portugueses e os amigos de Timor estavam na minha onda.

Dizem, e em muita coisa acredito, que houve na Fretilin quem agisse incorrectamente. É sempre a mesma coisa, há sempre “porcaria” em todo o lado.
Acontece que agora quem governa é Xanana Gusmão. Acontece que conseguiu o cargo de primeiro-ministro “à lá Xanana”: sinuosamente. Acontece que não foi claro, antes pelo contrário, em pôr cobro à agitação da Igreja – onde até o embaixador dos USA se misturou descaradamente. Acontece que não usou os seus poderes para explicar à igreja que a separação de poderes é primordial em democracia e que a igreja não pode impor-se na educação oficial.
Verdade também que o governo da Fretilin e a sua maioria parlamentar podiam ter deixado para muito mais tarde esta medida e não a tomarem como primordial naquele momento.
Mas Xanana aproveitou o balanço oferecido pela Fretilin e aplicou-se em conjunto com as forças mais inverosímeis, o que levou a acontecer todo o mal que aconteceu.
Estupidamente, a Fretilin dá mais uma de “barato”: rescinde contratos com centenas de militares. Era certo e sabido o que ia acontecer.
Se era preciso reduzir os elementos constituintes das forças armadas, e era, pois que tal fosse feito progressivamente, a longo prazo, e com perspectivas razoáveis para os que tinham de sair.
Claro está que o governo Fretilin arranjou lenha para se queimar, mas também deixou bem à mostra que era transparente nas suas atitudes governativas, não foi sinuoso nem calculista mas sim inexperiente e politicamente descabido, incorrecto.
Fez coisas erradas? Pois fez, estas medidas foram das que se justificariam ser tomadas de outro modo, noutro tempo e espaço. De certeza que outras medidas existiam mais urgentes, muito mais importantes e mais fáceis de tomar.

Mas claro está que Xanana Gusmão e a oposição já estavam com a “cabeça de fora” e à coca. À espera da oportunidade para derrubar um governo legítimo, com maioria parlamentar devidamente sancionada por dezenas de observadores eleitorais internacionais. Como era impossível fazê-lo de outro modo, no momento, derrubou-o com um golpe de estado, com a morte de dezenas de cidadãos, com a destruição de milhares de habitações, com terror e selvajaria.
E agora expliquem-me como pode Xanana, a Igreja e muitos da oposição, agora AMP, exigir legalismo se obtiveram o Poder através de um primordial acto ilegal?

Havia discordâncias e agitação na sociedade timorense?
Então porque foi que o PR não procurou o consenso ou não convocou eleições gerais antecipadas? Seria porque queria ser primeiro-ministro e desse modo não podia concorrer?
Então isso poderá querer dizer que o “assunto” estava todo estudado, premeditado? E tal não seria areia demais para a “camioneta” de Xanana? Quem estava então por detrás dele? Quem está por detrás dele? Pretos da Guiné? Esquimós? Tibetanos? Índios Cherokees?
Como querem que se possa concordar com quem consideramos usurpador?
Não dá, é impossível.

Por isso, meus caros, enquanto não vir a vida democrática de Timor-Leste devidamente regularizada e os seus filhos readquirirem as suas casas e um pouquinho que seja de cuidados sociais, sentindo que os governantes – sejam eles quem forem – fazem em vez de só dizerem que fazem, a minha animosidade política para com Xanana Gusmão não poderá diminuir.

Para já, quanto a mim, a solução é convocar novas eleições legislativas e delas afastar os padres e a Igreja. Absolutamente!
Não posso esquecer o famoso padre Martinho Gusmão que faz ou fazia parte da Comissão Eleitoral e que depois deu outro nome numa entrevista relacionada com o CNRT, em que era Não Sei Quantos Martinho. Como se pode presentemente acreditar na Igreja Timorense com trastes destes?
No mínimo o sujeito é um descarado charlatão que julga os outros parvos.
Verdade que tudo tem indiciado que estes Bispos timorenses deixam muito a desejar em termos de decência cristã e se têm revelado como piratas a soldo dos seus próprios interesses materiais terrenos e proprietários das almas de cada um dos timorenses.
Vêem, sobre as práticas destes indivíduos impostores é que eu afino mesmo e começo a largar “bombardas”…

A hipocrisia revolta-me e compreendo quando nos comentários – não esqueçam que esta prosa é subordinada a esse tema, eu é que me perdi – há quem ferva por discordar e perca a cabeça. Coisa que agora não me aconteceu porque sobre isso, a Igreja de Timor, a prosa foi curta. Ainda bem.
Quero com tudo isto dizer que por mim voto nos comentários deste blogue em plena liberdade de expressão mas sendo proibido palavras obscenas e saturantes “copy paste” de comentários.
De resto, descomponham-me lá se estiverem em desacordo comigo. Quero lá saber. Isso passa e eu não levo a mal, compreendo. Aqui para nós, podem crer que até dou grandes gargalhadas porque há por aí amigos com ironia oportuna e desde que sejam não obscenos… tudo bem.
Vamos ver se eu consigo convencer os meus colegas – se disser camaradas já dizem que sou da Fretilin e comunista, não é? - da Fábrica e liberalizar os comentários numa última tentativa para manter o espírito do TLN.
Os que são a favor da moderação de comentários que me desculpem.
Épá! Fartei-me de escrever baboseiras. Isto até parece um texto do Xanana ou do Fidel Castro, no tamanho…
Quem teve paciência para ler tudo ponha a mão no ar.
Muito obrigado.


http://timorlorosaenacao.blogspot.com/2008/03/comentrios-causam-diviso-na-fbrica-dos.html

2 – Após MAIS de um mês sem comentar, há este comentário:
JT disse...
Já há muito que não boto aqui faladura.
Ainda bem, dirá a tamagoshi.

Mas é com pena que os meus afazeres não mo permitem, porque a liberdade deste blogue, contrariamente ao azul que vive do serviço prestado à FRETILIN (ou será por apego ao tacho que a FRETILIN lhe proporcionava?), sem admitir outras opiniões, me merece o maior respeito e admiração.

Sou por princípio e educação absolutamente contrário a qualquer restrição da liberdade de expressão. Nem podia ser de outro modo, pela forma como combato toda a espécie de ditaduras políticas.

No entanto, distingo claramente liberdade de libertinagem.

A liberdade exige responsabilidade, coisa que neste meio anónimo é impossível de exigir.

E se a opção for entre manter este meio priveligiado de informação e debate, à custa da moderação que garante exclusivamente a filtragem de das bacoradas vulgarizantes e as ofensas que só se arremessam porque a coberto do anonimato, pois que seja. Trata-se no fundo de pesar o valor entre dois bens.
O da libertinagem e o da manutenção deste espaço.

Assim, desde que a moderação não sirva para fazer a filtragem que faz o tal de azul, não me atrapalha muito, excepto a decepção de não ver de imediato publicado o meu comentário.

Esperem, não deixo passar em branco o post to António Veríssimo.

A muita coisa acertada que disse, trouxe à mistura como quem não quer a coisa algumas menos certas.

Vejamos:

"À espera da oportunidade para derrubar um governo legítimo, com maioria parlamentar devidamente sancionada por dezenas de observadores eleitorais internacionais."

Ó Sr. António. Então o governo Alkatiri era legítimo? Era legal, mas legítimo?
Em que eleição é que alguém votou na FRETILIN para ser governo?
Não foi apenas em 2007?

É que não me lembro de eleições para o Parlamento antes disso. Terei andado distraído?
Foi mescambelhice aproveitando a maioria mais uns tantos da ASDT, não foi?

E depois:

"E agora expliquem-me como pode Xanana, a Igreja e muitos da oposição, agora AMP, exigir legalismo se obtiveram o Poder através de um primordial acto ilegal?"

Pois eu explico e sem dificuldade nenhuma.

As eleições foram realizadas no prazo constitucionalmente previsto, em que teriam que se realizar de qualquer forma.

Foram escrutinadas e sancionadas pelos mesmos órgãos internacionais que validaram as eleições para a Constituinte de 2001.

Formou-se uma aliança de incidência parlamentar que garante a maioria absoluta dos deputados que viabiliza este governo e não qualquer outro.

A indigitação de uma pessoa para PM à cabeça de uma aliança de partidos está prevista na Constituição. Lá não diz que a aliança tem de ser pré-eleitoral, nem que o partido mais votado tem que estar nela incluído.
É que não diz mesmo. Nem vale a pena ir por aí.
Nem vale a pena argumentar como o Alkatiri. Só ele sabe o espírito da Constituição porque ele é que a fez. Era só o que mais faltava.

Xii como isto já vai longo. É para matar as saudades.

Folgo em ver que alguns já começam a reconhecer o Horta.

E fazem bem, porque eu também aqui me penitencio pelo muito mal que dele já pensei e disse em momentos anteriores.

Quanto ao XG, pois. Se temos que comer com ele para não ver a FRETILIN de novo no governo, que seja.

É escolher o menor de dois males.

Usemos o método Cartesiano. Dividir o problema por partes e resolver uma de cada vez.
XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal.

Desculpem lá a extensão do texto.

P.S. Já me esquecia. Sea moderação servir para acabar com os copy/paste de textos longuíssimos que todos podemos consultar ou comunicados partidários como os da FRETILIN, já tem uma grande utilidade.
12 de Março de 2008 7:24


Pode confirmar tudo isso aqui:
http://timorlorosaenacao.blogspot.com/2008/03/comentrios-causam-diviso-na-fbrica-dos.html



3 – A que eu respondi com este 1º comentário:

Margarida disse...
1 - “XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal.” Disse o JT.

Bastante revelador de quem o deseja morto, não concordam? Pela boca morre o peixe.

2 - “o veríssimo não compreendeu que não tem o direito de se intrometer nos assuntos internos de um pais a que graças a Deus não pertence.”

O sacana acha que esse direito é exclusivo da Austrália, Nova Zelândia, USA e Vaticano.
12 de Março de 2008 7:52

4 – Repito, NUNCA o JT no mês imediatamente após o atentado contra o PR Horta, sequer uma única vez repudiou esse atentado. Aliás ele NUNCA repudiou o atentado. E até preconiza outros. Pelas suas próprias palavras “Usemos o método Cartesiano. Dividir o problema por partes e resolver uma de cada vez. XG foi útil para conseguir congregar uma maioria que afastou a FRETILIN do governo e depois é como os perús. Todos têm o seu natal.”

Objectivamente ele advoga a exclusão de TODOS os que foram ou são da Fretilin.Apenas por o terem sido ou serem. E nem uma única vez condenou o atentado contra o PR Horta.

Podem ver exactamente aqui o princípio dessa história de ódio de que o JT é costumeiro:

http://timorlorosaenacao.blogspot.com/2008/03/comentrios-causam-diviso-na-fbrica-dos.html

Anónimo disse...

Verissimo ou margarida, seja la quem for que pos aqui este comentario,

Nao vale a pena estares a fazer tanto esforco para tentares convencer que nao es aquilo que ja ficou demasiado patente pata todo o mundo.

Tu es um/a sectario/a da Fretilin e muito daquilo que acabaste de esvrever aqui ate demonstra isso bem claramente.

Va mas e' catar-te que nao convences a ninguem.

Continua a fazer a censura no teu "super blog" que nem aquece nem arrefece. Vamos ver ate quando continuam "super" agora que mostraram claramente o que sao e qual e' a vossa agenda.

Quando e' que metem na cabeca que para qualquer um que leia o TLN, excepto os camaradas colaborantes do blog, voces fazem mesmo parte de uma campanha bem desenhada para denegrir Xanana e o seu governo e tentar po-los uns contra os outros?
Possa que voces nao podem ser assim tao cegos pa!! Olha que o resto dos leitores nao sao.

Anónimo disse...

Verissimo ou margarida, seja la quem for que pos aqui este comentario,

Nao vale a pena estares a fazer tanto esforco para tentares convencer que nao es aquilo que ja ficou demasiado patente para todo o mundo.

Tu es um/a sectario/a da Fretilin e muito daquilo que acabaste de escrever aqui ate demonstra isso bem claramente. Quer exemplos?

Diz vocemesse: "Sei que não quero esta política imposta por Xanana Gusmão."

Qual politica? A de meter o povo em primeiro lugar?

Diz vocemesse:"Pressinto e vou constatando que está ali um grande ditador. Um convencido que sabe o que é melhor para os outros e não dá oportunidade a que outros discordem e ponham em prática o que ele poderá não aprovar. Porque ele é que sabe."

Mas nao foi o Xanana que convenientemente mudou os estatutos do seu partido de um "voto secreto" para o voto de "bracos/sovacos no ar" para se manter agarrado ao poder partidario so para depois da "vitoria" voltar a mudar os estatutos para o voto secreto como estava antes, pois nao? Afinal quem e' o ditador?
Nao e' o governo de Xanana que por exemplo recusa-se de ir esclarecer ao Deputados cada vez que eles os convidam a deslocar-se ao parlamento para tal, pois nao? Quem recusava-se peremptoriamente a faze-lo, haja memoria, era o governo do Mari que dava instrucoes aos seus ministros para nao comparecer pois nao tinham que dar esclarecimentos nenhuns aos representantes do povo.
6Quanto a isso o actual governo da AMP ja bateu o record de audiencias com o parlamento e as suas comissoes especializadas, se bem que mais de uma mao cheia seria suficiente para tal devido ao historial do antigo governo.

diz vocemesse:"Ora, por isso o ataco politicamente. Se juntarmos a tudo isto as suas práticas sinuosas obviamente que ele sai a perder em termos da consideração que já me mereceu."

Se os ataques fossem so politicos seria outra coisa mas para quem nao e' cego e sabe ler pode constatar sem margem para duvidas que os ataques sao muito para alem de ser simplesmente politico. Se voce pensa que somos todos cegos ou analfabetos para ver e ler o que voces poem no blog esta demasiado enganado e e' parvo por pensar que somos todos parvos.

diz vocemesse: "estou certo de que a personalidade e conhecimentos de Ramos Horta são um obstáculo para o ex-guerrilheiro que até despreza “doutores” e “intelectuais” – isso ficou patente nos seus longos escritos publicados em 2006.
Ele sente que Ramos Horta tem uma ascendência intelectual e política que o minimiza e suplanta, não havendo em Timor-Leste outro que o possa contrariar com eficácia, se necessário"


La esta a insistente mania de por uns contra os outros, no entanto nao foi Xanana que passou 4 longos anos a mesnosprezar e espezinhar os ex-veteranos, os "fuk naruk lafase" (cabelos compridos e deslavados), "kaixa kaixaun kaixote" maneira como Mari Alkatiri se referia aos ex quadros da resistencia clandestina, os "sarjana supermi" (quadros formados no tempo indonesio) e a marginalizar o outro meio mundo com semelhantes arrogante bacoradas. Isto porque para Alkatiri so ele era “Doutor” e o “intelectual” da Mondlane e todo o resto estava abaixo dele. Claro que Xanana desprezava esses "dotores" e como ele eu e a maioria dos timorenses. Basta ver o que aconteceu aos proprio militantes da Fretilin para se compreender isso. E' que perder quase 50% das bases de militantes do partido e' obra e significa que alguma coisa estava muito mal no partido e na lideranca de Alkatiri. Mas para esses factos voce adopta a mesma atitude do Alkatiri e simplesmente diz "ue nao sei de nada disso". Pudera...
E como se isso nao fosse suficiente voce agora ate "sente" pelo Xanana????? "Ele sente que Ramos Horta..."???? E' mesmo ridiculo!!!

diz vocemesse:"Se tomarmos por verdades dez ou vinte por cento daquilo que foi dito por Alfredo Reinado, no famoso vídeo de há uns meses, percebemos que Xanana encarna o figurino que estou a desenhar."

Dez ou vinte porcento de que? Do video produzido pela Fretilin ou do video e milhentas declaracoes que Alfredo fez sobre Mari Alkatiri e o seu governo antes da producao audio/visual da Fretilin?
Quer dizer que voce esta preparado a acreditar em 10-20% do que Alfredo diz neste video produzido pela Fretilin mas o que veio antes fuge-lhe COMPLETAMENTE da mente? Pudera...

diz vocemesse: "As circunstâncias em que a Fretilin foi governo foram as piores e isso poderá ser um grande atenuante para muitos erros cometidos. Tal não invalida que não tivessem existido ou existam “objectos nocivos” no seu corpo.”

Claro a culpa e' sempre de outros “objectos nocivos” nunca do Alkatiri. Esse e' na sua opiniao um santinho. Alkatiri, o santo! Quando as coisas dao para o torto e' so questao de dizer “eu nao sei de nada” e por isso nao posso ser responsabilidado de nada.

Diz vocemesse: ”Ser dirigente de um partido político naquelas circunstâncias foi obra difícil e continua a ser.”

Mais dificil esta a ser agora que 50% dos militantes viraram as costas a Mari e abandonaram o partido. E para voce, o facto de metade dos militantes terem abandonado o partido so pode significar que sao uma cambada de parvos e cegos. Alguma coisa esta mal dentro do partido para isso acontecer? Nem pensar! Nao! Esses sairam porque sao parvos e cegos e traidores! Estivessemos ainda em 1975 e eles ja estariam a 'descansar' nas valas comuns.

Diz vocemesse: ”Sendo certo que ingenuamente acreditei que os políticos timorenses estavam todos a remar para o mesmo lado, descansei e muitas vezes não acompanhei à distância o que se passava. Estava longe de imaginar que havia fortes discordâncias entre Xanana e aquele partido e/ou Alkatiri.”

Pelos vistos voce descansou e adormeceu por completo porque nem reparou que essas diferencas ja tinha comecado mesmo quando Xanana estava no mato a liderar a luta de libertacao e insistiu, como todos os guerrilehiros das Falintil o fizeram, que o comando da luta passasse para o interior da patria e que as Falintil seriam despartidarizadas. Essa decisao nao caiu muito bem com os camaradas no exterior e inclusive ja naquelas alturas faziam campanhas nas comunidades timorenses na diaspora a chamar Xanana e mais tarde Horta (por ter saido da Fretilin) de serem grandes traidores da patria. Como se para ser nacionalista tinham que necessariamente ser-se da Fretilin, mentalidade comum e ja enraizada nas hordes Fretilinistas da diaspora. Enquanto os Timorenses no interior da patria iam mudando e ajustando-se as condicoes impostas pelo barbaro invasor procurando nacionalizar verdadeiramente a luta de libertacao nacional, os luminarios da Fretilin no exterior mantinha-se numa encapsulados e teimosamente a reclamar o direito unico e exclusivo da legitima representatividade do povo Timorense numa tipica mentalidade de partido unico.
Voce tambem ainda estava a dormir quando ja em Dili, os camaradas da Fretilin liderados por Mari Alkatiri andavam a conspirar para derrubar Xanana e Ramos Horta da lideranca do CNRT e desgastar a sua estatura e influencia no seio do povo. Chegaram ate de planear provocar uns disturbios que, ficou concluido pela policia da ONU da altura, vizava ameacar a vida de Xanana.
E como voce e' mesmo um dorminhoco afectado pela mosca tse-tse, nem acordou a tempo de ver o boicote que Mari fez ao Xanana pela altura das presidenciais de 2002 , quando o primeiro numa tentativa futil de convencer os timorenses em nao partciparem nas eleicoes disse publicamente que no dia do voto iria para a praia e nao votaria.
Claro que para seu grande desgosto o povo nem lhe prestou atencao e como fizeram para negar a resignacao da sua posicao de Presidente do CNRT, votaram e deram um retumbante victoria a Xanana.

Diz vocemesse: ”Dizem, e em muita coisa acredito, que houve na Fretilin quem agisse incorrectamente. É sempre a mesma coisa, há sempre “porcaria” em todo o lado.”

Como ja se tornou a moda para si, e' sempre outros “quem” a fazerem as asneiras mesmo no governo de Mari. Para voce as atitudes de prepotencia como a de dispedir centenas de militares sem seguir os procedimentos legais e' uma simples “estupidez”, e o uzo unilateral do poder por Mari para violar as leis e constituicao do pais, como por exemplo, para desdobrar as forcas armadas contra a populacao civil em Tacitolo como ficou inequivocamente demonstrado pela Comissao Independente da ONU nem sequer regista na sua mente. Tocar nisso? Ta Quietooooo! Devia estar tambem a dormir, so pode ser!

Isto sao so uns exemplos, porque ha outros mas ja esta a ficar longo e nao tenho a pachorra para dissecar tudo o que diz, das razoes porque nao convence a ninguem, pelo menos a quem sabe da historia e tem memoria. Estamos entendidos?

Ena pa que esta resposta tabem ja vai longa, mas pode dizer o que quiser que nao convence a ninguem.

Continuem a fazer a censura no vosso "super blog" que nem aquece nem arrefece. Vamos ver ate quando continuam a ser "super" agora que muitos mais ficaram a saber das vossas verdadeiras intencoes.
Quando e' que metem na cabeca que para qualquer um que leia o TLN, excepto os camaradas colaborantes do blog claro, voces fazem mesmo parte de uma campanha bem desenholiticaada para denegrir Xanana e o seu governo e tentar po-los uns contra os outros?
Possa que voces nao podem ser assim tao cegos pa!! Olha que o resto dos leitores nao sao.

Anónimo disse...

Os únicos blogues onde não há censura são este o TLN e o Timor-Online. todos os outros é que têm censura.

Anónimo disse...

MAIS UM FLAGRANTE EXEMPLO DA MANIPULACAO DA “MARGARIDA” E O TLN

Como ja era de esperar a 'margarida' e o blog TLN aproveitaram-se do facto de alguns leitores nao falarem a lingua Inglesa ou nao se importunarem em fazer uma comparacao do texto original e a traducao da 'margarida' para vergonhosamente deturparem os factos e enganarem os seus leitores.
Esta aqui em questao o que o PR Horta disse em entrevista no programa televisivo “Enough Rope” da cadeia de televisao da ABC Australiana.

Reparem os leitores como a 'margarida' MUITO CONVENIENTEMENTE omitiu umas palavras importantissimas de uma frase do artigo para dar um significado completamente diferente daquilo que Ramos-Horta teria dito nessa entrevista.

No texto original em Ingles esta escrito:

“Dr Ramos-Horta says there was a perception that the Government was alienated from its constituents towards the end of Mr Gusmao's five-year term as president.

A 'margarida' traduz:

”O Dr. Ramos-Horta diz que havia uma percepção que o Governo estava alienado dos seus eleitores para o final do mandato de cinco anos do Sr. Gusmão.

Mesmo para quem nao saiba falar Ingles mas tivesse feito uma comparacao atenciosa da traducao da 'margarida' teria notado a estranha ausencia das palavras “as president” (como presidente) no final da frase mudando assim completamente o sentido da mesma.

Como tal uma traducao mais fiel seria:

” O Dr. Ramos-Horta diz que havia uma percepção que o Governo estava alienado dos seus eleitores para o final do mandato de cinco anos do Sr. Gusmão como presidente

Ora assim sendo, ficou absolutamente obvio que o PR Ramos-Horta afinal estava a referir-se ao governo da Fretilin porque Xanana Gusmao ainda assumia o cargo de Presidente. Existem portanto dois pontos distintos levantados pelo PR Horta.

1- Que o governo da Fretilin estava alienado ou havia uma percepcao de que estava alienado do eleitorado ja para o fim do mandato do PR Xanana Gusmao.

2- Que Ramos-Horta acredita que Xanana tera perdido alguma popularidade e confianca do povo porque nao manteve o contacto com o povo enquanto estava no poder (leia-se Presidencia) o que segundo Horta, explica os 24% do CNRT.

Como podemos notar este e' mais um tipico exemplo, de entre inumeros exemplos, do que estes senhores e senhoras estao preparados a fazer para atingirem os seus objectivos enganando os leitores mais incautos e manipulando a sua opiniao. E' uma total falta de escrupulos e honestidade.
O que vao dizer agora a “margarida” e o TLN para deculparem-se perante os seus leitores? Foi um erro pequeno e inocente?
O que a “margarida” e o TLN acabaram de fazer neste exemplo foi tentarem passar um atestado de ignorancia aos seus leitores. Parece-me a mim que o feitico virou-se contra o feiticeiro.
Cada que um tire as suas conclusoes.

Os textos encontram-se transcritos de seguida para beneficio dos leitores.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - - -

(Texto original em Ingles)

Posted August 4, 2008 11:03:00
East Timor's President Jose Ramos-Horta says his predecessor, current Prime Minister Xanana Gusmao, fell from popularity because he lost touch with the people.
Dr Ramos-Horta says there was a perception that the Government was alienated from its constituents towards the end of Mr Gusmao's five-year term as president.
Dr Ramos-Horta says Mr Gusmao did not travel enough within the country during his time in power and that contributed to a downturn in public confidence in his leadership.
"In 2001, 2002, 1999, Xanana was untouchable, he was an extraordinary hero," Dr Ramos-Horta said.
"In 2007 when he ran for office with the new party he got 24 per cent of the vote from the 84 that he got five years earlier."
Dr Ramos-Horta's full interview will air tonight on ABC 1's Enough Rope.
http://www.abc.net.au/news/stories/2008/08/04/2323114.htm?section=world


(Traducao da “Margarida”- Extraido do blog TLN)

ABC News - AEST - 04.08.08 - Tradução de MARGARIDA
.
O Presidente de Timor-Leste José Ramos-Horta diz que o seu predecessor, o corrente Primeiro-Ministro Xanana Gusmão, perdeu popularidade porque perdeu contacto com o povo.

O Dr. Ramos-Horta diz que havia uma percepção que o Governo estava alienado dos seus eleitores para o final do mandato de cinco anos do Sr. Gusmão.

O Dr. Ramos-Horta diz que o Sr. Gusmão não viajou o suficiente dentro do país quando esteve no poder e que isso contribuiu para uma perda da confiança popular na sua liderança.
"Em 2001, 2002, 1999, Xanana era intocável, era um herói extraordinário," disse o Dr. Ramos-Horta.
"Em 2007 quando concorreu com o seu novo partido obteve 24 por cento dos votos dos 84 % que tivera cinco anos antes."
A entrevista completa do Dr. Ramos-Horta vai para o ar hoje à noite na ABC 1's Enough Rope.

Anónimo disse...

Que o Horta disse que o Xanana perdeu popularidade, disse.

Anónimo disse...

E que a margarida e o blog Timor Lorosae Nacao sao uns mafiosos que usam todos os truques sujos, incluindo mudar o texto das noticia para enganar os seus leitores la isso tambem sao.

E nao so, nao gostam de ouvir as verdades por isso muito convenientemente vao apagando este tipo de comentarios das caixas de comentarios do TLN.

Nao va mais gente ler e aperceber que afinal tem vindo a ser enganados por eles.

Hehehehe. O problema e' que na realidade nao enganam a ninguem.

Desafio o TLN a fazer um "poll" aos seus leitores com a pergunta "E' de opiniao que a margarida e o TLN sao maipuladores?" ou entao "E' da opiniao que a margarida e o TLN fazem parte de uma campanha da Fretilin para denegriri o PM Xanana e o seu governo?".

Tiravamos logo as teimas sobre quem tem razao.

Anónimo disse...

Ate agora ainda ninguem aqui nem sequer no proprio blog TLN (incluido a margarida) ofereceram uma explicacao para esse gravissimo "erro" de traducao da margarida.

Alias nao so nao explicaram como ate apagaram todos os vestigios dos comentarios a apontarem para essa flagrante manipulacao.

Pudera, e' realmente demasiado embaracoso ser-se apanhado de uma maneira tao flagrante.

Anónimo disse...

Não há qualquer erro, a tradução está correctíssima, o Horta disse mesmo que o Xanana perdeu popularidade, e todos nós sabemos que não só perdeu popularidade como até perdeu as eleições.

Anónimo disse...

Clara que a tradução está bem feita. O Horta disse mesmo isso, disse mesmo que o Gusmão perdeu popularidade.

Anónimo disse...

O facciosismo e' tao cego que nem conseguem ou nao querem ver o obvio.

Pensam que enterrando a cabeca na areia tudo esta bem, ou que negando mil vezes o "erro" desaparece por si. Claro que sabemos muito bem que nao foi um erro inocente mas sim propositado de modo a enganar os leitores.

Sao tristes mas felizmente esta a vista para todos verem.

Anónimo disse...

Mas a tradução está bem feita e o Horta disse mesmo aquilo.

Anónimo disse...

Ha gente que gosta de covenientemente fazerem-se de parvinhos para enganar os outros, tal qual a margarida mas essa e' mais mafiosa.

Entao diga la qual e' que esta certo. E' que as duas traducoes que seguem dao uma mensagem completamente diferentes.

No texto original em Ingles esta escrito:

“Dr Ramos-Horta says there was a perception that the Government was alienated from its constituents towards the end of Mr Gusmao's five-year term as president.”


Traducao da margarida:

”O Dr. Ramos-Horta diz que havia uma percepção que o Governo estava alienado dos seus eleitores para o final do mandato de cinco anos do Sr. Gusmão.


correcao do anonimo:

” O Dr. Ramos-Horta diz que havia uma percepção que o Governo estava alienado dos seus eleitores (ja) para o final do mandato de cinco anos do Sr. Gusmão como presidente

Quer continuar a fazer-se de parvinho? Nao? Entao qual das duas esta mais correcta?
Va la, faca um esforcozinho se nao e' pedir-lhe demais.
Ou sera mais facil ilustrar a diferenca entre as duas versoes com desenhos?

Anónimo disse...

Opa! Toda a gente ja ver que margarida eh um manipuladora e perua mentirosa compulsiva.

Ja ninguem pode dar volta a isso.

As mentiras dela e' sempre descoberto.

quem defende margarida e' burru mentiroso e sofre dislexia pa!

Anónimo disse...

Tenham cuidado dos tradutores nao acreditados. Gostaria de ver as da Margarida.


Cuidado com inclinacoes politicas. Seijais sempre neuros e no conteudo com trADUTORES NATOS QUE SAO.
Bjos

Anónimo disse...

A tradução está bem feita, quem diz o contrário está danado com o que o Horta disse, mas o que ele disse foi bem traduzido.

Anónimo disse...

claro que a traducao esta bem feita... Para quem sofre de dislexia aguda isto e'.