terça-feira, 30 de outubro de 2007

Falta de manutenção de geradores criticada

Internacional | 2007-10-29 10:54
O primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, afirmou ter ficado "assustado" após uma visita à central de produção de energia da Electricidade de Timor-Leste (EDTL), em Comoro, Díli, onde a maioria dos geradores está sem funcionar por falta de manutenção.
Durante a visita, Xanana Gusmão interrogou os responsáveis da nova empresa que gere a central, a Manitoba Hydro International, sobre as razões do racionamento na rede pública da capital.

"Dos oito geradores oferecidos pela Noruega a Timor-Leste, apenas três estão a funcionar", explicou Xanana Gusmão, insistindo em mostrar as máquinas avariadas à imprensa, uma por uma, no meio do ruído ensurdecedor da central.

Xanana Gusmão anunciou que vai propor em Conselho de Ministros, na próxima quarta-feira, que "os clientes com mais dinheiro" da EDTL paguem tarifas mais caras de electricidade ou que recorram aos seus próprios geradores a gasóleo.

Entre esses clientes estão "empresas, hotéis e restaurantes".

O primeiro-ministro lançou também um apelo para a contenção do consumo, propondo que os serviços públicos reduzam drasticamente o uso de aparelhos de ar condicionado.

Xanana Gusmão deixou uma "recomendação" para a Manitoba Hydro no final da sessão de perguntas: "Ou fazem o vosso trabalho ou são despedidos".

O aviso foi repetido no momento do último aperto de mão com o director da empresa canadiana, no final de uma visita em que Xanana Gusmão falou com indignação - até ficar rouco - do estado em que se encontra a central da EDTL.

"O senhor entende? Como se diz na nossa terra: saaaai!", afirmou Xanana Gusmão, para gáudio dos mecânicos da EDTL que, no final da visita, rodeavam e ouviam o primeiro-ministro como as tropas ouvem um comandante.

"Isto não é culpa deste governo mas do governo anterior, que não tinha competência nem espírito para realizar a manutenção de máquinas que nos foram oferecidas", acusou o primeiro-ministro.

"Os geradores estão estragados, como os Tata que estão arrumados a um canto", ironizou Xanana Gusmão, numa alusão aos veículos de fabrico indiano adquiridos pelo governo da Fretilin para o Estado timorense.

Lusa / AO online

1 comentário:

Unknown disse...

Asa empréstimo empréstimo empresa estão prontos para emprestar-lhe qualquer quantidade que você precisa para iniciar o seu negócio pessoal. Eu dou para fora o empréstimo à taxa de interesse de 2%, assim que amável aplica para o empréstimo agricultural da agricultura. Se você precisar de empréstimo entre em contato com nosso e-mail: asaloaninstituteplc@gmail.com, você também pode entrar em contato com este e-mail: asaloaninstituteplc@yahoo.com

Asa loan lending company are ready to loan you any amount you need to start up your personal business. we give out loan at 2% interest rate, so Kindly apply for agricultural farming loan. if you need loan contact our email:asaloaninstituteplc@gmail.com, you can also contact this email:asaloaninstituteplc@yahoo.com