quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Timor Leste: IV Governo Constitucional de Timor-Leste fica hoje completo


O IV Governo Constitucional de Timor-Leste fica hoje completo com a posse de 14 membros que não estavam ainda escolhidos ou em funções.


O primeiro-ministro, Xanana Gusmão, toma posse pela segunda vez, como titular da pasta da Defesa e Segurança, depois da cerimónia que colocou em funções o novo Executivo, realizada a 8 de Agosto.

A cerimónia que completa o elenco do IV Governo está prevista para hoje à tarde (hora local), no Palácio das Cinzas, sede da Presidência timorense.

São os seguintes os titulares que hoje tomam posse, segundo a lista final fornecida pela Presidência da República:

Ministro da Defesa e Segurança: Xanana Gusmão;

Ministra da Solidariedade Social: Maria Domingues Fernandes Alves, "Micató";

Ministro da Agricultura e Pescas: Mariano Assanami Sabino;

Vice-ministra da Saúde: Madalena Fernandes Hanjan Costa Soares;

Secretário de Estado da Juventude e Desporto: Miguel Manetelu;

Secretária de Estado da Promoção da Igualdade: Idelta Maria Rodrigues;

Secretário de Estado do Meio Ambiente: Abílio de Deus de Jesus Lima;

Secretário de Estado da Assistência Social e Desastres Naturais: Jacinto Rigoberto Gomes de Deus;

Secretário de Estado para o Turismo: Adriano do Nascimento;

Secretário de Estado das Pescas: Eduardo de Carvalho;

Secretário de Estado da Pecuária: Valentino Varela;

Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural: Papito Monteiro;

Secretário de Estado para os Assuntos dos Antigos Combatentes da Libertação Nacional: Mário Nicolau dos Reis;

Secretário de Estado das Obras Públicas: Domingos Magno.

A cerimónia de posse acontece no dia em que se cumpre o oitavo aniversário do referendo pela independência de Timor-Leste.

A data foi assinalada por uma sessão solene realizada de manhã (hora local), no Parlamento Nacional, com um discurso do Presidente da República, José Ramos-Horta.

1 comentário:

Anónimo disse...

Teve que vir o libanês australiano o Barakat para pelo menos alinhar num papel o nome das criaturas. Que cambada de incompetentes são todos!