sábado, 18 de agosto de 2007

Timor Leste: Rogerio levou $30,000 USD para Malasia, Ja recebeu alta, não esta doente.

Edition: 14 August 2007
PN Husu MP Investiga Osan Tratamentu Rogerio La iha Moras
DILI – Membru Parlamentu Nasional (PN) husi bankada PD ho CNRT kestiona ba PN hodi husu ba Ministeriu Publiku (MP) atu harii komisaun ida investiga arguido Rogerio Lobato nebee lori osan estadu hamutuk US$ 30.000 hodi trata nia saude iha Malaysia.

Xefi bankada Partido Demokratiko (PD), Adriano Nacimento ba STL, Segunda (13/8), iha uma fukun PN katak atu hatene didiak kazu Rogerio nian, PD husu ba Ministeriu Publiku, tenki halo investigasaun klean hodi publika ba ema hotu kona ba osan nebee Rogerio uja.

PD rona informasaun husi Ministra Justisa Lucia Lobato dehan governu Fretilin liuba aloka orsamentu estadu nian ba Rogerio hodi halo tratamentu saude iha rai liur. Hare ba problema nee Partido Demokratiko (PD) husu ema eis Ministra Finansa, Madalena Boavida ho eis Ministru Justisa, Domingos Sarmeto fo osan estadu nian ba Rogerio ba rai liur tenki responsabilidade.

PD preokupa tebes Rogerio ba liur nee uza pasaporte normal ou diplomatiku. See uza diplomatiku, Rogerio la iha direitu ona tanba nia estatutu nudar prizioneiru.

Iha aprte seluk PD prekupa tebes ba iha povu tomak nia leet ho perguntas tanba sa maka Rogerio Lobato hetan tratamentu espesial. Rogerio hanesan dadur ida, nusa maka governu Fretilin fo atesaun makaas ema dadur ida halo tratamentu iha rai liur. Tanbasa maka dadur sira seluk la bele.

“PD husu ba Ministra Justisa foun nee atu haree tuir prosesu legal I mos bele haree tuir orsamentu estadu nian sai nee, mekanizmu oinsa. Nee ita tenki haree didiak para ba oin la bele utiliza arbiru deit, ”presta Adriano.

Iha parte seluk membru PN husi bankada CNRT, Arao Noel Amaral liu husi plenario hatete, kazu Rogerio nebee uza osan estadu nian ba rata saude iha rai liur, PN presiza forma komisaun ida atu investiga membru governu Fretilin nebee maka uza orsamentu estadu nian foba balu deit.

Tuir nian bainhira lijislatura formasaun PN hahu hodi loron nee kedas funsionamentu governu nian la bele uza orsamentu arbiru deit.

La Iha Moras

Iha parte seluk, Xefi Interpol Timor Leste, Longuinhos Monteiro, Segunda (13/8), informa ba Prezidenti Republika kona ba kondisaun ikus Rogerio nian iha Malaysia.

Hafoin hasoru malu ho PR Horta iha Palacio da Cinzas, Long hateten, situasaun nebee nia hetan husi kontaktu dereita ho Interpol Malaysia katak, Sabadu (11/8), Rogerio sai ona husi Hospital Malaysia. No tuir informasaun katak Rogerio la hetan moras. bre/sel

9 comentários:

Anónimo disse...

O povo Timorense esta a morrer de fome e o Rogerio que e' um prisoneiro recebe 30,000 USD com tudo pago mais aviao fretado para ir para Malasia, e ele nem esta doente. Os Dr ja lhe deram alta e onde esta ele?

Alkatiri e Luolo mais o Sr eng Estanislau devem se responsabilizar por todo isto. Se o Rogerio nao voltar um deles deve ir servir na prisao ate ele voltar. Nao acham?

Anónimo disse...

Muito dinheiro anda perdido nas contas porque os senhores andaram a meter no bolso.

Ele que fique muma prisao da Malasia para saber como sao tratados ali.

Ali e' ele vai precisar mesmo de um tratamento de Prostata. Ali quer queira ou nao e' obrigado a comer chourico dos Malasianos.

HAHAHAHhhhh

Anónimo disse...

E quando é que a Ministra da Justiça cumpre a lei no caso do Alfredo e dos restantes foragidos armados?

Preocupam-se com quem teve a dignidade de se sujeitar à justiça mas não se preocupam com quem dela anda fugido e com quem zomba dela?

o que é que cada um tem a ver com o que cada um possui ou deixa de possuir? Estão agora armados em calhandreiras?

Anónimo disse...

Rogário Lobato fica três meses na Malásia

O Primeiro-Ministro Xanana Gusmão disse que Rogério Lobato ficará três meses na Malásia antes de regressar a Timor-Leste para completar a sua sentença de sete anos meio.

“Pediram três meses para exames médicos ,” disse o Primeiro-Ministro. (DN)

Anónimo disse...

Portanto o Rogério foi autorizado a estar três meses na Malária e está lá com toda a legitimidade. Fim da novela. Qualquer cidadão Timorense - incluindo o Rogério - tem direito a cuidados de saúde.

Anónimo disse...

Roubaram mais aos esfomeados Timorenses 30,000 USD?

Mas que merda da Fretilin Maputo.

Nao admira o povo Mocambicano nao avanca para frente com o que andaram a ensinar estes Fretelinos Maputo.

Mocambique um pais tao rico e sem comida para 90 por cento do povo, depois querem ensinar os Timorense. Para morrer de fome?

Fretilin Maputo mata, queima, viola menores e rouba dinheiro dos Timorenses para tratar um prisioneiro fretilino enquanto o povo morre de fome e sem tratamento medico para uma simples dor de cabeca.

Anónimo disse...

Quem anda há anos pelo Mar de Timor a roubar-nos o petróleo já ganhou tanto dinheiro que lhe sobeja para comprar o Presidente da República, Primeiro-Ministro e Governo e até sobejou para fabricar um partido político que zele para que não atrapalhem mais roubos no Mar de Timor.

Fora com esta gente que nos está a roubar!

Fora com o CNRT Austrália!

Margarida disse...

Na Revista de Monitorização dos Media da UNMIT de Sexta-feira, 17 de Agosto vem a seguinte notícia:

"Rogério Lobato fica três meses na Malásia
O Primeiro-Ministro Xanana Gusmão disse que Rogério Lobato ficará três meses na Malásia antes de regressar a Timor-Leste para completar a sua sentença de sete anos meio.
“Pediram três meses para exames médicos ,” disse o Primeiro-Ministro. (DN)”

Deixa-se pois de patetices e de ser mais papista que o papa.

Anónimo disse...

Tropas Australianas provocam mais desassossego em Timor-Leste

FRENTE REVOLUCIONÁRIA DO TIMOR-LESTE INDEPENDENTE
FRETILIN

Comunicado de Imprensa
20 Agosto 2007

Tropas Australianas em Timor-Leste inflamaram uma situação já volátil ao arrancarem bandeiras da FRETILIN e limparem as costas com elas, disse hoje o Vice-Presidente da FRETILIN e deputado Arsénio Bano.

"O deitarem para o chão as bandeiras da FRETILIN é mais outra demonstração da natureza parcial da intervenção militar do governo de Howard em Timor Leste," disse Bano .

Disse que os incidentes ocorreram na parte leste do país em 18 de Agosto, em dois locais diferentes – Suco (região administrativa) Walili na estrada entre Baucau e Viqueque e na aldeia de Alala no distrito de Viqueque – onde os residentes tinham erguido a bandeira da FRETILIN em protesto contra o governo inconstitucional de José Alexandre Gusmão.

"Em Walili dois veículos militares Australianos cheios de soldados rasgaram uma bandeira da FRETILIN que tinha estado erguida na beira da estrada, limparam com ela as costas e continuaram caminho com a bandeira. A bandeira roubada foi devolvida mais tarde nesse dia por um capitão das forças armadas Australianas.

"Na aldeia Alala as tropas Australianas tentarem arrancar da corda uma bandeira da FRETILIN e depois passaram por cima dela .

"Condenamos estas acções extremamente provocatórias que têm inflamado uma situação já volátil. A bandeira da FRETILIN tem um enorme valor simbólico e emocional para o povo de Timor-Leste que vai para além dos membros e apoiantes da FRETILIN.

"Dezenas de milhares de pessoas morreram a lutar sob esta bandeira durante a luta pela independência, incluindo membros das famílias das pessoas que testemunharam quando a deitaram para o chão no Sábado .

"Os soldados Australianos insultaram os nossos mártires e toda a nação Timorense. A sua insensibilidade cultural e arrogância tipificam as operações militares Australianas na região do Pacífico."

Bano disse que os incidentes não podiam ser desculpados como acções de soldados individuais mal orientados.

"Os soldados seguem os exemplos dos seus oficiais e entendem os objectivos verdadeiros da intervenção parcial do governo de Howard em Timor-Leste, que teve um objectivo principal – a remoção do governo democráticamente eleito da FRETILIN e a sua substituição com o governo ilegítimo de José Alexandre Gusmão."

Por mais informação, por favor contacte:

Arsenio Bano (+670) 733 9416, FRETILIN Media (+670) 733 5060 ou

fretilin.media@gmail.com